BOLHA CRYPTO GROUP

NOTÍCIAS SOBRE O CRIPTOMERCADO

Cardano (ADA) brilha no DeFi e alcança top 15

Cardano (ADA) brilha no DeFi e alcança top 15

A Cardano (ADA) conseguiu acompanhar a alta do mercado de criptomoedas e registra um crescimento de 16% nos últimos sete dias. No entanto, não foi apenas nessa área que a concorrente do Ethereum (ETH) chamou a atenção.

Desde o início de 2023, a Cardano tem se destacado no mundo das finanças descentralizadas (DeFi) com seu TVL (Total Value Locked) passando por um crescimento constante.

Para exemplificar, a Messari apontou no dia 28 de maio deste ano que as taxas de transação na rede da altcoin atingiram um recorde de US$15.200, marcando o maior valor desde agosto de 2022. Esse aumento foi motivado pelas atividades no DeFi da Cardano.

Embora o crescimento em valor em dólar do ecossistema das finanças descentralizadas da plataforma de contratos inteligentes tenha sido relativamente limitado, o TVL em ADA tem prosperado, atingindo a marca de US$200 milhões no ano. Essa marca representa um crescimento de 300% até o momento da escrita do artigo.

Como resultado desse desempenho, a Cardano subiu quatro posições no ranking DeFi e agora ocupa a 15ª posição.

No entanto, o ecossistema DeFi da criptomoeda conta com apenas 20 protocolos, mostrando que ainda precisa atrair mais desenvolvedores. Afinal, redes concorrentes, como Ethereum, Polygon (MATIC) e Solana (SOL), apresentam números muito maiores.

Moda cripto é na Tipo Crypto

Uma loja de moda cripto no ritmo da nova geração, que é urbana, inclusiva e descolada. Se você investe em moedas digitais, coleciona NFTs, tá plugado na Web3 ou é um Ancap, vista Tipo Crypto.

tipocrypto.com

Isenção de responsabilidade

As informações apresentadas neste artigo são apenas para fins informativos e educacionais. Nada aqui contido deve ser interpretado como aconselhamento financeiro ou sugestão de investimento. O Bolha Crypto não se responsabiliza por quaisquer perdas geradas pela utilização do conteúdo, produtos ou serviços mencionados.

Siga nossos grupos no TELEGRAM e WHATSAPP.

Leia Mais:

Mais lidas