BOLHA CRYPTO GROUP

NOTÍCIAS SOBRE O CRIPTOMERCADO

Coinbase está preparando novo modelo de prova de reservas

A principal exchange de criptomoedas dos Estados Unidos, Coinbase, lançou uma iniciativa para ajudar a indústria blockchain a ter mais transparência. Seu grande foco está na prova de reservas. Sem dúvidas, uma dos temas mais comentados desde a queda da FTX. 

De acordo com o blog da Coinbase, a plataforma de negociação de bitcoin (BTC) e altcoins está explorando novas maneiras de provar suas reservas para seus clientes. Com o intuito de trazer mais transparência, ela foca em buscar métodos criptográficos nativos.

Prova de reservas transparentes

Conforme observado pela exchange, os investidores do mercado blockchain merecem garantia de que terão a capacidade de retirar seus fundos após depositar em plataformas centralizadas. Nesse sentido, a empresa lista várias sugestões gerais de como a prova de reservas pode ser feita no futuro.

“Um aspecto positivo no colapso da FTX é um grande foco na transparência dos ativos e passivos de diferentes empresas de criptomoedas. Na Coinbase, acreditamos que você merece o melhor de tradfi (finanças tradicionais) e DeFi (finanças descentralizadas). Hoje, somos a única empresa de criptomoedas que oferece a transparência e a garantia de uma auditoria financeira de empresa pública”, disse Philip Martin, diretor de segurança da Coinbase. 

Matin complementou informando que a exchange cripto está  trabalhando em um sistema descentralizado onde os investidores não precisam confiar na Coinbase ou em qualquer instituição. Isso porque a nova ferramenta fará com que a confiança fique apenas na matemática. 

“Tudo deve ser transparente, imutável e verificável para todos”. 

A exchange cripto também anunciou que está lançando um programa de concessão de US$500.000 para desenvolvedores e está encorajando outros players da indústria a fazerem o mesmo. 

“Para dar passos concretos em direção a esse mundo futuro, estamos anunciando uma nova bolsa para desenvolvedores através do Fundo Comunitário Cripto 2023 da Coinbase”.

O diretor de segurança da empresa vê a quantia de US$500.000 como um forte apoio para pessoas e equipes que estão avançando na área da contabilidade on-chain. 

Coinbase em 2022

Infelizmente, a Coinbase tem sido uma das empresas que mais sentiu o peso do inverno cripto.

O cenário se mostrou complicado para a exchange quando em julho deste ano (2022), ela suspendeu seu Programa de Afiliados e encerrou o serviço Coinbase Pro. 

No segundo trimestre de 2022, a exchange também informou que a mesma passou por uma perda de US$1,1 bilhão de suas receitas. Esse comportamento representa uma queda de 60% em relação a 2021.

Sem dúvidas, o modelo de taxas da principal exchange cripto nos Estados Unidos contribuiu para isso. Afinal, 90% de sua receita vem do lucro das taxas que estão acima da média do mercado geral.

Com um cenário de queda, esse modelo sofre com investidores buscando plataformas mais baratas para suas negociações. Só para exemplificar, a Coinbase registrou 8,5 milhões de usuários de transações mensais (MTUs) durante o terceiro trimestre. 

O número citado está abaixo dos 9 milhões no segundo trimestre e 9,2 milhões no primeiro trimestre.

Moda cripto é na Tipo Crypto

Uma loja de moda cripto no ritmo da nova geração, que é urbana, inclusiva e descolada. Se você investe em moedas digitais, coleciona NFTs, tá plugado na Web3 ou é um Ancap, vista Tipo Crypto.

tipocrypto.com

Isenção de responsabilidade

As informações apresentadas neste artigo são apenas para fins informativos e educacionais. Nada aqui contido deve ser interpretado como aconselhamento financeiro ou sugestão de investimento. O Bolha Crypto não se responsabiliza por quaisquer perdas geradas pela utilização do conteúdo, produtos ou serviços mencionados.

Siga nossos grupos no TELEGRAM e WHATSAPP.

Leia Mais:

Mais lidas