Microsoft proíbe o uso de seus serviços para mineração de criptomoedas

A Microsoft atualizou silenciosamente os termos de licença para seus serviços online, de modo que o cliente não possa mais “extrair criptomoedas sem a aprovação prévia por escrito da Microsoft”.

Conforme relatado pela primeira vez pelo The Register, a atualização dos Termos Universais de Licença para Serviços Online entrou em vigor em 1º de dezembro de 2022.

“Política de Uso Aceitável” da Microsoft

“Nem o Cliente nem aqueles que acessam um Serviço Online por meio do Cliente podem usar um Serviço Online: para minerar criptomoedas sem a aprovação prévia por escrito da Microsoft.“

A Microsoft disse ao The Register que fez essa alteração porque “a mineração de criptomoedas pode causar interrupção ou até mesmo prejudicar os Serviços Online”.

“Esse uso muitas vezes pode estar ligado a fraudes cibernéticas e ataques abusivos, como acesso não autorizado e uso de recursos do cliente”, disse a empresa.

“Fizemos essa alteração para proteger ainda mais nossos clientes e reduzir o risco de interromper ou prejudicar os serviços no Microsoft Cloud.“

No entanto, parece que pode ser possível obter permissão para mineração para “Teste e pesquisa para detecções de segurança”.

De acordo com um relatório do Cointelegraph, o Microsoft Online Services, que inclui a rede de computação em nuvem Azure da Microsoft, oferece mineração cripto para determinadas assinaturas.

Moda crypto é na Tipo Crypto

Uma loja de moda cripto no ritmo da nova geração, que é urbana, inclusiva e descolada. Se você investe em moedas digitais, coleciona NFTs, tá plugado na Web3 ou é um Ancap, vista Tipo Crypto.

www.tipocrypto.com

Leia Mais:

Mais lidas