NOTÍCIAS SOBRE CRIPTOMOEDAS E BLOCKCHAIN

Pai de “Engomadinho do Bitcoin” recebe ameaca de investidores

Pai de “Engomadinho do Bitcoin” recebe ameaça de investidores

Gustavo de Macedo Diniz, apelidado de “Engomadinho do Bitcoin”, é o protagonista de um conturbado episódio no universo das criptomoedas. Sua empresa, Bybot, paralisou todas as suas operações, impossibilitando que seus clientes retirassem fundos desde o final de agosto. Esta ação gerou grande alvoroço, principalmente porque Diniz, antes um rosto frequente nas redes sociais, desapareceu misteriosamente.

Este jovem executivo, oriundo da simples Mogi das Cruzes em São Paulo, antes do desaparecimento, ostentava viagens internacionais e vivências em locais opulentos, compartilhadas generosamente nas redes. Seu negócio principal era baseado na diferença de preços de criptomoedas entre diferentes plataformas – comprando barato em um local e vendendo mais caro em outro.

Contudo, o cenário mudou drasticamente quando um investidor, após ter perdido uma quantia significativa ao confiar na Bybot, dirigiu-se à família de Diniz. Em um registro de áudio obtido pelo portal Metrópolis, este investidor conversa com o pai de Gustavo, expressando suas frustrações e perdas, e insinuando que a família poderia sofrer consequências.

O pai, por sua vez, desabafa sobre seu desejo de ver o filho responder perante a lei. Além disso, ressalta a ausência de Diniz na vida do próprio filho, que é cuidado pelos avós.

Diante de tais ameaças, o pai expressa sua preocupação crescente sobre o perigo que pode recair sobre sua família por conta das ações imprudentes de seu filho, indicando que o resultado final poderia ser devastador. As suspeitas são de que Diniz tenha se refugiado na Ásia, longe das consequências de seus atos e da pressão dos investidores enganados.

Moda crypto é na Tipo Crypto

Uma loja de moda cripto no ritmo da nova geração, que é urbana, inclusiva e descolada. Se você investe em moedas digitais, coleciona NFTs, tá plugado na Web3 ou é um Ancap, vista Tipo Crypto.

www.tipocrypto.com

Leia Mais:

Mais lidas